livro

Presente de criança

“O livro caindo n’alma 
É germe — que faz a palma, 
É chuva — que faz o mar.”
Trecho do poema O Livro e a América, de Castro Alves

Dia das crianças é mais uma dessas datas comerciais que a gente quase não tem como escapar. É um absurdo não dar um presentinho. Eu gosto muito de dar presentes aos meus filhos, mas não somente em datas pré-estabelecidas. E presente não é só aquele comprado, é também um abraço na hora certa, um sorriso quando alguém está triste ou quando há uma surpresa edificante.

Neste dia das crianças Carlinhos disse que não queria brinquedo. Disse que queria um jogo ou um celular. Mas acabou escolhendo mesmo um livro. Sobre o Titanic, que mistura dados históricos e ficção com muita interatividade.

Na era da internet, uma criança de 8 anos escolheu um livro de presente. Minha alegria foi tamanha que fiquei até em dúvida e perguntei a ele mais duas vezes: tem certeza? O guri confirmou. Quis sim. E já começamos a ler ontem juntos, no nosso momento pai-e-filho. Hoje vamos ver o filme de James Cameron sobre o famoso navio.

Carlinhos que já tinha me convidado pra assistir O Palhaço me surpreendeu de novo. Neste dia das crianças o presente foi meu!

*  *  *

Esta mesma tarde, creio que foi o primeiro passeio que Sofia teve e que ela curtiu muito, sem se estressar com nada. Fomos ao Shopping eu, Deroní, Carlinhos e Alanna. Desta vez não usamos nem carrinho, nem bebê conforto: ficou no nosso colo, mesmo. E parece que adorou!

Ficou tão levezinha, alegrinha, entretida com os coloridos dos brinquedos, com o zanzar das pessoas. Parecia uma mocinha, tamanho o comportamento dela. É claro que com alguns brinquedos ela queria brincar. Admirou um cheio de luzinhas no colo da mãe, ficou encantada com bichinhos de pelúcia no colo pai e olhava tudo com muita curiosidade e empolgação.

Mas comprar presentinho pra criança tão pequena é um desafio. Queremos comprar de tudo. Mas é besteira e não há dinheiro pra isso. Escolhemos mais um mordedor com chocalho em forma de pezinho e dois livrinhos para bebê. Umas graças. Tinha um mais lindo que o outro, mas eu e Deroní escolhemos bem e vamos continuar a comprar outros e outros e outros.

Ler é mesmo uma das melhores coisas da vida, mas também é algo que tem que ser ensinado. Vem dos exemplos e vem dos estímulos. No caso da Sofia começamos logo… enquanto ela lê o mundo, lê também a nossa alegria em lermos para ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *