Arquivo da tag: política

(Porto Alegre - RS 21/01/2017) Velório do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki. 
Foto: Beto Barata/PR

Coxinhas e Petralhas só precisavam de uma desculpa

Tava tudo muito lindo. Todos em uníssono colocando #foratemer nas redes sociais ou lamentando a vitória do Trump. Como se isso fosse abalar os brios do Primeiramente (valeu, Adnet!) ou do Cabeleireira de cachorro (valeu, Simpsons!) e eles fossem renunciar aos cargos pelos choramingos dos internautas. Petralhas e Coxinhas unidos.
Parecia comercial da Coca-Cola da década de 70! Já podíamos usar camisetas vermelhas e amarelas sem ninguém nos encher o saco.

Continue lendo Coxinhas e Petralhas só precisavam de uma desculpa

Voto nulo é…

Nessas eleições municipais houve um desespero midiático no incentivo aos eleitores exercerem seu direito de cidadão e votarem para prefeitos e vereadores. As notícias sobre o embate nas cidades onde estão ocorrendo o segundo turno tem tido um apelo ainda maior devido ao número, considerado elevado, de brancos, nulos e abstenções.
Não é incomum ouvir e ler nos principais canais de televisão e portais na internet análises de que o eleitorado foi, no primeiro turno, e continuará daqui a poucos dias apelando ao voto útil. Aquele em que o eleitor vota em quem acha que vai ganhar ou contra o candidato que é considerado pior. É uma opção de voto, sem dúvida e eu mesmo, para ser honesto, recorri a isso nas últimas eleições presidenciais. Não vou dizer que me arrependo, mas também não é algo que faria de novo.

Continue lendo Voto nulo é…

Menos idolatria… ou o pop não poupa ninguém

Deve ser da natureza humana ter ídolos e inimigos. Pelo menos seus exemplos estão espalhados nas religiões, nas artes, nas culturas pops. E  suponho, essa necessidade de reverência por um e a aversão por sua antítese, possa ser vista como uma ampliação de um certo complexo de Édipo, considerando as limitações da teoria freudiana.
Veja o caso de um ateu que elege a “Ciência” como seu ídolo e tem na “Religião” sua antítese. É o Deus e o Diabo do religioso. É o cara que torce por um time e elege outro para ironizar. É o adolescente que elege um artista como ídolo incondicional, mas que também ama odiar outro ídolo incondicionalmente. É ainda alguém que elege um Joaquim Barbosa, ou Sérgio Moro, ou Deltan Dallagnol, ou João Dória como ídolo/herói e vê o PT como o Mal a ser eliminado. Ou o contrário, aquele que vê o Lula como símbolo do bem e todos os antes citados como seus algozes.

Continue lendo Menos idolatria… ou o pop não poupa ninguém

aonda

A Onda

A decisão das urnas pela saída do Reino Unido da União Europeia é uma decisão democrática, cujo referendo foi endossado pelo próprio primeiro-ministro David Cameron, em campanha pela sua reeleição. Vale ressaltar que apesar disso, ele, que é do partido conservador, era contra a saída do bloco europeu.
De acordo com pesquisas mencionadas em sites de notícias no Brasil, os votos decisivos saíram de eleitores mais velhos, menos escolarizados e com menos renda. Já a tendência dos mais jovens, escolarizados e com mais renda era de querer a permanência na União Europeia. É certo também afirmar que muitos dos problemas que levaram a vitória pela saída são reais, como a baixa oferta de empregos e uma tendência de crescimentos de ataques terroristas na Europa.

Continue lendo A Onda

IL-GodLovesUganda_1

Documentários

Uma seleção de bons documentários com temas diversos que vi nos últimos tempos. A maioria deles está disponível ou no Netflix ou no youtube.
(Dis)Honesty – The Truth About Lies (ou (Des)honestidade – A verdade sobre mentiras)
O impacto das mentiras em nossas vidas e na sociedade.

Continue lendo Documentários