Arquivo da tag: profissão

pexels-photo_book-medium

Eu gosto mesmo é de complicar

Olha eu aqui redescobrindo um prazer que marcou minha transição da adolescência para a vida adulta. Mais ou menos entre os 15 e 20 anos eu escrevia contos, poemas, crônicas e divagações sobre a vida. Cheguei até a inscrever um conto num prêmio de artes em 1991, que envolvia diversas categorias de prosa, verso e artes plásticas.
Quando saiu o resultado, ninguém havia ganho na categoria Conto. Semanas depois recebi a análise do meu material, que tinha marcações de correções de português e uma breve análise escrita à mão: “o texto é ágil e envolvente, mas o final é fraco e previsível, desmerecendo tudo que o antecede. ”

Continue lendo Eu gosto mesmo é de complicar